domingo, 26 de fevereiro de 2017


DAMPYR 200!
E o Caçador de vampiros da Bonelli, alcança uma marca de respeito! 
E para fazer jus a tal acontecimento, nosso herói vai enfrentar um inimigo poderosíssimo: Erlik Khan!
A história se passará no Oriente Médio, e contra a armada de Erlik, constituída de soldados de várias guerras, Dampyr também terá ao seu lado, amigos que formarão a sua legião. 
História de Mauro Boselli com desenhos de Luca Rossi e, seguindo a tradição Bonelliana, totalmente à cores!


sábado, 18 de fevereiro de 2017


PESADELO DE JOAQUIM!
Na metade do Século XIX, o navio Tenat, afundou na costa da Galícia, na conhecida Costa da Morte. 
Um detalhe, quando o navio afundou, muitos tripulantes conseguiram sobreviver e, o nativos que poderiam ajudá-los, simplesmente matou todos os sobreviventes, para saquear a carga.
O Capitão Ross, jurou se vingar, e nos dias de hoje, se impossou do pobre Joaquim, um pobre garoto órgão, que é nativo da Costa da Morte. Capitão Ross que se vingar.
Abaixo, o pesadelo que todas as noites assombra Joaquim!
Dampyr 195 - A Costa da Morte - História de Giovanni Di Gregorio com desenhos de Claudio Stassi.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017


O CAÇADOR DE VAMPIROS E O RONIN!
Quando um amigo está em dificuldades, Dampyr não mede esforços para ajudar! Abaixo, está no Japão, para ajudar seu amigo Kenshin, o Ronin!
O samurai está acuado, sua amada Keiko foi sequestrada para forçá-lo a última missão, então, ele pede a ajuda de Harlan!
Dampyr 184 - Os Esquecidos - História de Diego Cajelli com desenhos de Fabrizio Russo.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017


VALENTINE´S DAY!
Tesla, por Nicola Genzianella!
Buon San Valentino a tutti gli innamoratti!


HARLAN TENSO!
T-Rex, o mercenário amigo de Harlan, deixa uma mensagem na sessão de óbitos de um jornal de Praga!
Dias depois, o encontro acontece num hotel de Soci, na Russia, aonde está acontecendo uma convenção de numismatas.
T-Rex tem a contar que numa vala de esgoto no Comboja, um agente do DEA, com nacionalidade local, após tentar se infiltrar numa organização de traficantes local, apareceu morto. Detalhe: sem uma gota de sangue e com uma mordida no pescoço. Na mão do morto, uma plaqueta de metal, daquelas usadas pelos soldados americanos na época da guerra do Vietnam, com um nome de identificação: Tenente Carey.
Hoje, o irmão mais novo do Tenente é senador americano e, via contatos, pediu a organização para qual T-Rex trabalha, ir lá investigar. 
Harlan diz ao amigo mercenário, que o Mestre da Noite Tziao-Min, pode estar por trás de tudo... Mas sua preocupação é outra: um homem misterioso, tempos atrás, apresentou-lhe um livro, onde ele viu a morte de todos os seus amigos... a Kurjak acontecia, segundo o livro, no Camboja, pelas mãos do Tenente Carey, que foi vampirizado.
Dampyr opta por não contar nada a seus amigos... sua tensão, foi percebida por Tesla... Harlan pede a vampira, que quando o encontro com Carey acontecer, que ela "mantenha guarda alta"!


Dampyr 190 - A Sombra de Tziao Min - História de Claudio Falco com desenhos de Silvia Califano.

domingo, 12 de fevereiro de 2017


Dampyr 201-202
A conclusão da interminável noite de Harlan e pards


Com "Black Annis!" (201) e "No Mundo dos Mestres" (202), o autor Mauro Boselli completa o quadro iniciado no número 200 de Dampyr. A guerra em curso atingindo seu ápice, envolvendo várias frentes, localizadas em lugares diferentes, entre os quais o Globetrotters Club de Londres e alguns subterrâneos na Ásia Central, até encontrar um mundo que reproduz fielmente aquele do qual provém a estirpe dos Mestres da Noite. Nos desenhos, depois das belas páginas coloridas de Luca Rossi em "A Legião de Harlan Draka", nestes dois números temos outros dois ases na manga: Nicola Genzianella e Alessandro Bocci.
É justo ser franco desde o início. A arquitetura narrativa desta longa saga dampyriana em três números é uma das mais interessantes e bem concebida da série. Do mesmo modo um particular chamada a atenção, que essas histórias represente o ápice de um conjunto de idéias disseminadas ao longo dos anos e que poderia resultar um pouco difícil de digerir para quem está em jejum da continuidade narrativa de Dampyr. Sem dúvidas se corre o risco de perder-se nos detalhes da história em quanto, como na abertura, que os personagens colocados nos meio do conflito sejam muitos. São inteiras sequências em que Harlan e pards não aparecerem por nada, quase a sugerir que eles são apenas uma das muitas peças e não naqueles que deveríamos nos concentrar. Em todo caso, isto não deve ser motivo de preocupação, porque Boselli descreve toda passagem com minuciosa habilidade e, apesar da notável complexidade, a trama tem seu fascínio. Vem acentuada de qualquer forma daquela característica própria, presente nas histórias de Dampyr, sem perder a luta de fundo entre Harlan e um dos seus mais temíveis adversários, Lord Marsden.
 
Nos desenhos, como antecipamos na abertura, encontramos dois entre os desenhistas mais adaptados em absoluto para prosseguir e concluir esta trilogia. Estamos falando de Nicola Genzianella e, atualmente presente nas bancas com The Noise (Editoriale Cosmo), e Alessandro Bocci, com sua marca inconfundível abriu a dança do último Tex Color. Genzianella já é considerado um dos grandes Mestres do horror em quadrinhos; também em "Black Annis!" não desmente essa afirmação, demonstrando uma maturidade e uma versatilidade que poucos outros desenhistas são capazes. Os seus traços descrevem sombras inquietantes e assustadoras e o seu trabalho no papel da névoa londrina é simplesmente incrível.
O estilo híper realista de Alessandro Bocci influencia de modo particularmente positivo a história seguinte, ambientada no mundo dos Mestres. O desenhista de Siena, se entrega na representação de um planeta diferente do Mutiverso dampyriano, rendendo personagens, paisagens e atmosferas com tinta precisas e minuciosa.
Se voltarmos, por um instante o olhar para o futuro, observando o que espera pelo personagem, apresentado no site da Bonelli, o 2017 se prenuncia interessante para Dampyr, a partir do encontro de verão entre Harlan e Dylan Dog (que trará o inconfundível traço de Bruno Brindisi. Felizmente não tempos do que nos lamentar, nem mesmo o olhar para trás, visto que entre o fim do ano passado e o início do ano novo, estivemos entretidos com histórias memoráveis (entre as quais, recordamos, o Especial infernal de outubro e também, o ótimo Magazine, de novembro).
Não ficaremos na sombra, já estamos aguardando a próxima sanguinolenta aventura.

O chefe Audace


Matéria publicada origiarimente no blog: www.blogspot.it

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017


MARCO VILLA EM AÇÃO!
O novo desenhista de Dampyr, depois do encarte da Rimini/2016, já está em ação, em uma história de Boselli - Os Vampiros de Mompracem. Ainda sem data de publicação!